Clique na imagem acima para mais informações! Votação até de 25 de fevereiro!

RACHEL BRICE



Decidi fazer um apanhado sobre a trajetória dessa bailarina, pois, ao pesquisar mais sobre ela percebi o quanto tangível essa pessoa é e, por isso, não seja só uma inspiração no quesito “deusa”, como muitos a vêem, mas principalmente como ser humano . Inegável é o domínio das técnicas e perfeição com a qual ela executa os movimentos. Contudo, ela se demonstra humilde na sua conquista na dança, creditando toda sua fama a seus amigos, pois sem eles, sem o apoio, indicações e empurrõezinhos em direção a dança, ela não teria se tornado o que ela se tornou. Ou seja, não adianta só ter talento se você não tiver as oportunidades certas.
Então, uma boa bailarina a se estudar, não só nas técnicas, mas em sua história. Tenho certeza que muito vão se identificar em algum ponto.
Espero que gostem !
Beijos!

1988 - Rachel se apaixona, aos 16/17 anos, pela dança do ventre ao assistir o grupo Hahbi’Ru no evento Renassance Faire.

No dia seguinte começou a ter aulas com Atesh, em Orange Country



Hahbi’Ru


Logo depois, ela descobre um vídeo de Suhaila Salimpour e começa a treinar sozinha assistindo os vídeos de Suhaila quadro por quadro, e gravando os próprios vídeos para analisar seu desempenho e evolução no seu estudo.

Rachel Brice e Suhaila Salimpour
Rachel também inicia seus estudos em Yoga em Omadawn Health Care Center.

1992 – Rachel pára de dançar e se dedica somente as massagens terapêuticas e ao yoga, em Orange Country.
1996 – Começa a lecionar Yoga e se torna uma Massagista Terapêutica certificada e trabalha como quiropata assistente por três anos.
1998 – Ela se muda para Santa Cruz. Lá a dança do ventre tinha bastante praticantes e isso fez com que renascesse o interesse de Rachel pela dança novamente.

Começa a lecionar aulas de danças com yoga, as quais ela intitulou algo como “Turma de Condicionamento para Dança do Ventre”. Essas aulas aconteceram graças a ajuda de sua amiga Julie Goldstein, que além de ter organizado a primeira aula de Rachel, ajudava-a com alguns conceitos de danças que ela ainda não dominava, já que aquela era bacharel em dança.


1999 - Ela decide se dedicar integralmente a estudar a dança e, por isso, ingressa no Programa Universitário de Dança Étnicas da Universidade Estadual de São Francisco, onde ela estudou Kathak (Dança Clássica do Norte da Índia), Flamenco, Afro-Haitiano, Técnica Dunham, Dança Moderna e Coreografia.
Rachel se apresenta desde 1990 e leciona desde 1996.
2000 Inicia seus estudos em Viniyoga com Gary Kraftsow.
2001Rachel tinha se mudado para São Francisco. Ela estava se apresentando em alguns restaurantes, estudando e ensinado yoga.Em uma das apresentações, ela foi convidada a lecionar na Universidade do Estúdio Pixar de Animação,em Emeryville, a empresa que criou filmes em parceira com a Disney, como “Toy Story”, "Procurando Nemo",entre outros.

Rachel, Rose e Jill Parker

Nessa fase ela se junta a companhia Ultra Gypsy(2001) sob a direção de Jill Parker. Em função da sua rotina muito ocupada com a faculdade, as aulas de yoga e dança no Estúdio Pixar, ela teve que parar de dançar com o Ultra Gypsy. Contudo, ela conhecera no Ultra Gypsy Janice Solimeno, que deixou esta companhia para ter aulas com Rachel.
Rachel Brice no Ultra Gypsy


2002 - Rachel passa a estudar com Suhaila Salimpour e Carolena Nericcio diretora do Fat Chance Belly Dance(FCBD), na Baía de São Francisco.
Ela passa a se apresentar em grandes festivais, como o Tribal Fest (a partir da segunda edição) e Rakkasah, e começa a ser conhecida pela comunidade de dança do ventre.



2003 - Rachel é descoberta pelo empresário Miles Copeland e, desde então, une-se ao Bellydance Superstars. No mesmo ano ela funda seu grupo, The Indigo.


Bellydance Superstars & Desert Roses(da esquerda para direita):

Sharon Kihara-San Francisco, Yasmine-North Carolina,
Juliana-LA, Dondi-San Diego, Colleen-San Fran, Petite Jamila-Alabama,
Ansuya-Florida, Rachel Brice-San Francisco, Sonia-LA, Kaeshi Chai-New York,
Melodia-San Diego, Jillina-LA, Amar Gamal-Massachusetts.
O The Indigo começa por estimulo de Janice Solimeno, que sugere delas dançarem juntas. Rachel convida Ariellah Aflalo e Michelle Campbell a se juntarem a elas em sua casa para terem aulas avançadas. A partir daí as aulas se tornaram os ensaios do grupo.

Primeira formação - Janice Solimeno, Ariellah Aflalo, Michelle Campbell e Rachel Brice
Rachel é descoberta em março de 2003, no evento Rakkasah por Miles Copeland, por indicação de Mary Ellen Donald.

Rachel Brice descreve sua dança como uma combinação das técnicas de Suhaila Salimpour e o estilo do FCBD, adicionando uma dose de Mardi Love e o uso de movimentos de "popping", creditados a Ariellah.


CD’s & DVD’s:



2004 –DVD: Bellydance Superstars - (PERFORMANCE)




2004 – CD: Bellydance Superstars – Volume 2









2005 - DVD: Bellydance Superstars - Live In Paris At The Folies Bergere (PERFORMANCE)





2005 –DVD: American Bellydancer



2005 – DVD: Bellydance Superstars - Yoga Isolations & Drills For Bellydance(INSTRUCTIONAL)





2005 –CD: Bellydance Superstars – Volume 3










2005 – CD: Pentaphobe - Tribal Metamorphosis








2006 DVD: Bellydance Superstars - Solos From Monte Carlo (PERFORMANCE)














2006 – CD: Bellydance Superstars – Volume 4





2006 – CD: Magical Bellydance












2006 - DVD: Finger Cymbals for Belly Dance with Tobias Roberson, Rachel Brice anda Mardi Love







2007 – Completa a primeira turnê do Le Serpent Rouge.

2007 – DVD: Bellydance Superstars - Tribal Fusions: Exotic Art of Tribal Bellydance 1 (PERFORMANCE)










2007 – DVD: Bellydance Superstars - Bellydance Arms And Posture(INSTRUCTIONAL)









2007 CD: Pentaphobe – Sawdust











2007 CD: Pentaphobe & Beats Antique -Le Serpent Rouge







2008- CD: Solace -
Opium Head







2009 – DVD: Bellydance Superstars – 30 Days To Vegas (PERFORMANCE)






2010 DVD: World Dance New York - Rachel Brice: Serpentine Belly Dance (INSTRUCTIONAL)













The Indigo - Formações:
2003 -2004 –
Janice Solimeno , Ariellah Aflalo, Michelle Campbell e Rachel Brice




Rachel Brice, Melodia e Sharon Kihara (BDSS).
2005
Mardi Love, Sharon Kihara, Michelle Campbell e Rachel Brice



http://www.youtube.com/watch?v=sHIVj99iSRE&feature=related

Shawna Rai , Sharon Kihara, Michelle Campbell, Rachel Brice e Mardi Love (BDSS)
2006
Zoe Jakes, Mardi Love, Ariellah Aflalo, Rachel Brice e Sharon Kihara.




Sharon Kihara, Moria Chappell, Kami Liddle, Zoe Jakes e Rachel Brice e (BDSS)

Bailarinas convidadas(2003-2006): Mardi Love, Shawna Rai e Grace.


The Pogonometric Revue – Mardi Love, Rachel brice, Elizabeth Strong e Mira Betz


2007 a 2009
Rachel Brice, Mardi Love e Zoe Jakes.


Samantha Emanuel, Rachel Brice, Zoe Jakes, Mardi Love, Kami Liddle, Sharon Kihara e Moria Chappell (BDSS)

OBS: Algumas bailarinas fizeram algumas participações no Bellydance Superstars nesse período, como Elizabeth Strong,Sabrina Fox, Colleen(que já era membro , mas como “cabaret” e não tribal fusion), Sherri Wheatley e Dusty Palk.

Qual formação do The Indigo e BDSS vocês mais gostam?
Cronologia
2001
Rachel Brice como membro do Ultra Gypsy

2002
Rakkasah 2002
2003
Tribal Fest 3
2004

Tribal Fest 4: Ariellah Aflalo, Grace, Rachel Brice, Michelle Campbell e Janice Solimeno(da esquerda para direita)
2005
Tribal Fest 5
2006
Tribal Fest 6
2007
2008
2009
2010

Qual fase da Rachel vocês mais gostam?
Curiosidades...

No início de 2006, Ariellah já estava saindo do grupo e entrando em carreira solo, com o estilo gótico e ,mais para frente, o dark fusion, mas em 2007 formara o Deshret Dance Company.











Sharon Kihara seguiu carreira solo e só participava do BDSS até 2010, depois disso passou a participar do Bellydance Evolution(grupo dirigido por Jillina). Sharon também fora membro do Ultra Gypsy.








Entre 2005 e 2006, Michelle Campbell saiu do mesmo devido sua gravidez e posterior nascimento de seu bebê.








Em 2005, Janice fizera algumas participações com Ariellah e Grace, no grupo Bastet; mais tarde formou seu grupo Sol Bellydance.














Grace juntou-se a Ariellah, no Deshret Dance Company.












Mardi Love fora membro do Urban Tribal Dance Company, tendo Heather Stants como professora e diretora do grupo. Lá foi onde ela aprendera a base do tribal.













Em 2001, Zoe Jakes era membro da companhia de dança de Suhaila Salimpour. Entre 2005 e 2006 ela se tornou membro do BDSS e The Indigo.








Ao aceitar fazer a turnê do BDSS, na estrada, Rachel ainda hesitava se queria mesmo fazer parte do grupo. Jillina foi quem a convenceu a continuar. Além disso, ela sentia a responsabilidade do estilo tribal em suas costas, já que era a única representante do estilo em um grupo que o cabaret predominava e seria a primeira bailarina do mesmo vista por muitos, já que o tribal, nos EUA, ainda era underground na época. Então, para se manter o mais fiel possível do estilo criado por Carolena, Rachel ligava constantemente para a diretora do FCBD para ter o consentimento dela e saber o que poderia ser adaptado e o que deveria ser mantido do ATS, pois em hipótese alguma ela queria deturpar o Tribal e , portanto, desrespeitar sua criadora.



Os figurinos saíram da cor preta para outras variedades de cores devidas ás exigências de Jillina como coreografa do BDSS. Assim, as bailarinas tribais do BDSS deixaram não só a cor básica, mas diferentes roupas para um espetáculo e, atrelado a isso, a variedade de novas cores demandou novos estilos e acessórios para os figurinos.










Tatuagem – Flores (na minha opinião parecem ser sakuras(flores de cerejeiras) ao redor de seu ventre com algumas letras em sânscrito desenhadas por Tex de Cold Steel, que tiveram origem em yogas sutras de autoria do indiano Mahatma Patangali, que remetem para a necessidade de praticar yoga de forma consistente e com humildade por um longo tempo, para atingir seu objetivo. O azul das letras tem conexão a cor e o sentido espiritual do Índigo que, segundo Rachel tem origem indiana, assim como a dança do ventre também o tem, havendo portanto,um conexão maior.











Na adolescência, ela teve problemas com drogas. Contudo, a prática da dança do ventre e yoga fizeram com que ela conseguisse sair disso e ter uma vida harmoniosa consigo mesmo e saudável.








Rachel é geminiana (15 de junho). Ela nasceu no início da década de 70, portanto, tem aproximadamente 40 anos.






Comentem!!!^____^
*** Por favor, ao copiar o conteúdo desta postagem
coloque os devidos créditos a Aerith***

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...