Workshop de Dança Indiana com Krishna Sharana - Caxias do Sul - RS

por Carine Würch

Acabo de chegar em casa de um workshop de Bharata Natyan - Dança Clássica Indiana - com a bailarina e estudiosa Krishna Sharana.

Entre AMARANDIS (umas das principais posições das pernas) PATACAS, ALAPADMAS, (duas das muitas posições de mãos, cheias de significados), pudemos conhecer um pouco desta vasta, milenar, maravilhosa e tão rica cultura hindu.

Além de um work riquíssimo em conhecimento e novidades para mim, poder estar em contato com uma profissional com tanto amor, admiração e devoção pelo seu trabalho e sua arte, faz tudo mais fácil e agradável. Ela fala com propriedade, pois sabe e estuda. Bharata Natyan é a sua vida. 

No início estes nomes tão diferentes intimidam: "Vou fazer o work de Bharata Natyan com Krishna Sharana."

(80% das vezes tu tens que repetir porque a pessoa não entendeu o que tu falou, se é que pronunciaste certo!)

Quando cheguei na escola e lá estava ela, sentada com seu sari, bem maquiada e com um bindi. Abre um sorriso receptivo à minha chegada, e eu abro os braços para um abraço afetuoso, e já gostei dela de cara.

Khrisna é expressiva, não sei se é a dança falando por ela, ou através dela, não sei se é a vasta cultura milenar que se arraigou nesta gaúcha, mas seja como for, passar estas horas de aprendizado com ela foram agradabilíssimas, e com toda certeza já estou ansiosa para as próximas.

No primeiro momento, fizemos um "tour" pela história da dança indiana, as Devadasis, o Natya Shastra (Um Compendio sobre Teatro ou um Manual das Artes Dramáticas - Wikipédia), a Dança Pura, Hastas (mãos) e as posições, etc. Para termos um pouco de embasamento teórico. Depois veio a prática. Deliciosa, exigente, e sempre com a ideia em mente: não fazer o movimento só por fazer.



Ao final, ainda conseguimos fazer uma breve coreografia ao deus Ganesha, que mais uma vez, me ensinou coisas que não sabia, e só me faz pensar como sou feliz e abençoada em poder vivenciar estas coisas tão maravilhosas e aprender tanto... através da dança!!!

Culturas diferentes, jeitos diferentes, expressões diferentes. 
Isto deixa a nossa vida mais rica, mais cheia de inspiração.

Pouco falei da dança em si, mas muitas vezes, a mudança precisa ser interna, para poder ser vista no lado de foraOs nossos movimentos também são reflexos daquilo que sentimos e do que aprendemos (em todos os níveis). Mas isto é papo pra outro post...


Uma frase que Krishna falou durante o work me marcou, e foi o que aprendi durante toda minha vida de atleta: Ela disse: “Lá (na Índia), o que vale é o esforço e a repetição, não é o talento que conta.

Eu realmente acredito nisto. Não desmereço estas pessoas abençoadas, que nascem com um dom natural. Mas todos nós, os outros mortais, que necessitam esforço para alcançar o domínio corporal, só conseguiremos melhorar nossa dança, postura, equilibro, coordenação motora, força, ritmo, etc, etc, etc com esforço e repetição.



Depois de um encontro assim, esta frase que eu carrego comigo faz cada vez mais sentido:

“O significado mais profundo da dança de Shiva é sentido quando se compreende que ela acontece dentro de nós” 

(COOMARASWAMY apud RIBEIRO, 1999:9)







Resenhando - Região Sul
_______________________________________
Coodenação Carine Würch

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...