[Resenhando] ATS NO RIO GRANDE DO SUL



 por Carine Würch

Com muita alegria e muito orgulho, compartilho com vocês esta postagem:  o 1º workshop de uma Sister Studio aqui no RS em Caxias do Sul!!!


Meu primeiro choli, comprado há muito tempo, sem a menor ideia que a gente se encontraria assim!

 Conheci a Lilian através da sua loja de roupas a Khalidah. Conversamos um pouco e ela me apresentou seu projeto “Propagando o ATS pelo Brasil”, o que eu achei super oportuno, já que tinha voltado a minha primeira vivência do ATS com a Kristine Adams, em maio, no Festival Campo das Tribos. Comentei coma minha prof. Gabriela de Lima e logo os trâmites estavam feitos, teríamos nosso primeiro módulo de ATS aqui no RS! 




O meu sentimento primordial era: eu queria que minhas amigas da dança também pudessem vivenciar tudo que experimentei e relação ao ATS naqueles dias em SP! Queria que elas sentissem a emoção de entender a troca de liderança, compreender quão mais longe o ATS chega nas nossas origens, e como a gente ainda tem tão pouco conhecimento (mas estamos atrás dele! Rsrsrs). Coo a base dos passos é totalmente diferente do que a gente ACHA que é, quando vê elas fazendo nos vídeos e tudo mais.




O workshop foi divido em dois módulos – o primeiro vendo os elementos básicos e movimentos mais lentos; e no outro dia a movimentação rápida, os snujs e tudo mais!




Foram dois dias de muito aprendizado, muita troca e a vontade de fazer a Lilian morar aqui nesta terra fria! Só quem tem a experiência de fazer um workshop e aulas de ATS, entende o que ele significa, e o quanto ele é a base para o nosso Tribal Fusion,  tenho certeza que eu não peguei um décimo de tudo que ele nos proporciona como grupo, como bailarinas e como pessoas. É uma mudança tão sutil e, ao mesmo tempo, tão profunda em relação ao modo que vemos a dança antes e de depois do ATS. Só tenho que agradecer a parceria de Gabriela de Lima e da Mônica Brollo que nos proporcionaram mais um Etnocultural, e nos permitiram trazer mais este conhecimento para nossas vidas.


Módulo I

Módulo II



__________________________________________________________________________________


Conhecimento nunca é demais.



Tenho 29 anos, faço Dança do Ventre desde os 14, há cinco anos, descobri a tribal fusion e me apaixonei.

Nunca tinha estudado ATS e foi meu primeiro contato. A melhor parte de ter participado do workshop com a Lilian foi a confirmação de que a dança é um universo valioso e repleto de informações e passos. Quanto mais conheço, mais fico curiosa e mais percebo o quanto ainda tenho para aprender.

A Lilian abriu muitas portas para pesquisarmos e aprendermos cada vez mais. Ficou o desejo de novos módulos para saber tudo detalhadamente sobre ATS.

Shamila Carpeggiani

 

  ________________________________________________________________________

Como descrever algo que é difícil de traduzir em palavras, por se tratar de sensações, o mundo Tribal para mim ainda é novo, pois descubro novas possibilidades a todo instante. Já havia estudado uma pequena introdução de ATS, mas a oportunidade de conhecer mais sobre ele com o Workshop da Lilian Kawatoko me deixou maravilhada. Sempre tive uma simpatia maior pelo Tribal Fusion e confesso que tinha um certo pré conceito referente ao ATS, justamente pela fauta de conhecimento. Agora posso dizer que é impossível pensar em Tribal sem passar pela base de sua origem. Fiquei fascinada pela complexidade de sua movimentação e a idéia de qualquer bailarina mesmo sem se conhecer ou falar o mesmo idioma, poder fazer uma linda composição apenas utilizando os combos. Outra experiência encantadora é o fato de qualquer pessoa poder assumir a liderança e a partir deste momento seu pensamento não é individualista, mas sim coletivo, pois é preciso que a movimentação escolhida seja executada por todo o grupo. A partir de agora posso dizer que simplesmente amo o ATS.

Tatiane Nascimento

________________________________________________________________________ 

A intenção do projeto “Propagando o ATS pelo Brasil” é levar o ATS até pessoas que inclusive não conheciam o estilo ou não tinham tido um contato mais profundo. E graças à confiança e empenho dos alunos de Caxias, esse projeto pode realizar sua primeira edição lá. Não podia estar mais feliz com o resultado, conseguir mostrar a magia do ATS para eles, e ver em cada olhar a chama do interesse e entendimento realmente não tem preço.



Ficou um sabor de “quero mais” e espero que possamos nos reencontrar em breve para continuar nossos estudos. Agradeço imensamente a oportunidade de estar com vocês, foi inesquecível!

Lilian Kawatoko  




___________________________________________________________________________________
 
Mais sobre o evento aqui  e aqui

Vídeos do Show de Gala - Aqui
  






http://aerithtribalfusion.blogspot.com.br/2014/03/carine-wurch-rs-resenhando.html


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...