Clique na imagem acima para mais informações! Votação até de 25 de fevereiro!

[Resenhando-SP] II Fest Vanna Tribal Bellydance

por Maria Badulaques



No último dia 02 de agosto, ocorreu em São Paulo no Espaço Vanna Tribal Bellydance o II Fest VTB. Houve uma grande confraternização começando as 14hs com o círculo de mulheres, sorteio de brindes dos expositores (Maria Badulaques e vários outros presentes) e coroando o encontro, lógico, muita dança.

Aldenira Nascimento, nossa anfitriã, possuída por Iemanjá abriu as mostras de dança com um solo de Tribal Brasil; aliás houve algumas apresentações deste estilo de dança, todas muito interessantes e cheias de energia. Acredito que eventos desta natureza nos permite, além de conhecer outros dançarinos, curtir a TRIBO, realmente apropriar-se do conceito que tanto buscamos: conexão.

Houve Bellymetal (essa modalidade não conhecia, gostei de ver o bellydance com uma pegada power), Bellydance tradicional, ATS®, Tribal Brasil, Dança Circular Sagrada, Tribal Fusion, Dança Cigana e houve até a morte da Frida :/ . Espero que alguém a ressuscite. Tá bem, vou explicar!!! Frida é a coreo (fusão) das meninas Fridicadas (Karina, Monica, Alessandra, Aldenira, Emi, Paula....noossaaa tem muita Fridaaaaaaaaa) e após dançarem em algumas oportunidades resolveram enterrá-la, tadinha! Gostei, vou ver se volta no Halloween, como Frida zumbi kakakaka.

O que chamou minha atenção, além do fato de todos estarem observando a dança dos colegas, foi a vontade de inclusive participar, a Dança Circular Sagrada, por exemplo, é uma modalidade que permite interação, e a focalizadora da Trupe Gira Ballo, Sandra Carvalho, abriu a roda aos presentes para que a conexão fluísse. Assim foi... Dança é libertação, sim! Bellydancers, tribalistas e todos que quiseram, puderam participar da roda e dançar. " Vou ficar mais um pouquinho....só pra ver se acontece alguma coisa nessa tarde de domingo..." No domingo não sei o que rolou, mas no sábado foi pura LUZ.

Como todos sabem, sou entusiasta do ATS®, amo-pratico-recomendo, então me misturei entre Karina e suas parceiras para uma grande roda cheia de snujs tilintando. As meninas são o grupo de alunas que se reúne e estuda com Karina, eu o ingrediente extra, sem ensaios, sem nem saber que iriam turbantar e ainda assim a atmosfera foi: que bom que você veio! Tribo é isso! ATS® é isso!!! Admiração total a essa acolhida...conexão, u-huuuu!!!
Gira Ballo

Brinde(sorteio) pra lá e brinde pra cá, lógicooooooooooooooo que rolou o arabic-sem-preconceito entre eu, Karina e Monica, porque todo peitinho é bem-vindo, essa história do arabic vai longeeee :) Prometo que um dia gravaremos um vídeo e divulgaremos nossa versão do Arabic Orbit.

Assim foi o evento da Vanna Tribal, gostoso, aconchegante e com aroma de quero mais. Suspiro diariamente por uma comunidade tribal integrada com eventos no tempero de congraçamento e união. Os saraus, como de Aldenira fazem este papel....que esse espírito se espalhe para os quadro cantos desse país.

Xeros no suvaco,

Maria Badulaques


Mais fotos do evento:

















Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...