[Resenhando-SP] Cena Tribal na Baixada Santista – Tribal Beach Pocket Show

por Karen Evangelista

Fotografia Dayeah Khalil - Organizadora do Evento by @dauramenezes
Tribal Beach foi um evento idealizado pela bailarina, coreógrafa e professora Dayeah Khalil em 2016.

Com formação nacional e internacional, Dayeah Khalil traz essa bagagem para a cena cultural da Baixada Santista. Possui um currículo de peso, tendo iniciado no mundo tribal em 2006 desde então não parou mais. Foi aluna de professores consagrados nacionais e internacionais de países como USA, Argentina, Egito, Chile, Itália, Espanha e Alemanha.
Participou de eventos internacionais importantes como Ahlan Wa Sahlan, festival no Egito; Roma Tribal Meeting, na Itália; Be Tribal, no México; e Opa Fest!, na Argentina. 

Dayeah Khalil ainda desenvolve aulas e eventos de dark fusion, ATS, Tribal Brasil, ATS com saia, derbake e outras modalidades, além da produção de eventos que trazem toda essa diversidade e riqueza para região metropolitana de Santos.

E não para por aí, Dayeah foi integrante da companhia de dança DSA (Dancers South America – Cia Internacional de Dança), Cia Lunay SP Capital. Participou ainda da Cia Pandora ATS® e do grupo do Grupo Tribal Elendälie – São Paulo. Confira sua fanpage e veja o histórico completo de sua carreira como profissional de dança: https://www.facebook.com/pg/dayeahk/about/?ref=page_internal

Criadora dos Grupos Art Fusion, Dark Ladies, Dark INfusion e Troupe Al Salam, Dayeah Khalil é considerada um dos mais importantes nomes da cena tribal da região.

Tribal Beach Festival 
A primeira edição do Tribal Beach aconteceu no Studio Al Salam, Santos-SP, e contou com a participação de bailarinxs e artistas das mais variadas regiões do estado de São Paulo.
E além da mostra de danças, contou com o Projeto Vídeo e Dança por Melissa Art, oficinas de Tribal Fusion por Fahir Sayeg e Tribal Brasil por Aldenira Nascimento. Confira um gostinho do festival que rolou em 2016 clicando no link:


Em março de 2017, Al Salam de Studio transformou-se em Empório e Dança, em São Vicente-SP. E sob direção de Hayla Al Salam e Jefferson Reis manteve a parceria com Dayeah Khalil. Al Salam Empório e Dança possui um ambiente aconchegante associado a culinária árabe, lugar perfeito para combinar dança, cultura e boa comida.

Dayeah Khalil criou um conceito de Tribal Beach Pocket Show desde o início de 2018, com uma proposta mais dinâmica e edições mensais. Sem dúvidas, um espaço acolhedor para bailarinas de dança tribal e outras modalidades, como dança do ventre, dança medieval e cigana.

Tribal Beach Pocket Show 1ª. Edição 

E assim nasceu o Tribal Beach Pocket Show, que ganha cada vez mais prestígio na região. TB, como carinhosamente o evento é chamado, já contou com temáticas variadas como "Baile de Máscaras", "Dark", "Steam Punk", "Brazuca" (dedicado ao Tribal Brasil), "Circo" e "Classic Noir".

Tribal Beach Pocket Show 9ª. Edição – Classic Noir
Em uma das edições, foi realizado um projeto de vídeo dança de Tango Fusion e Indian Fusion, que rendeu um clipe especial para cada um desses temas. Clique nos links a seguir e confira:




Nada define melhor o TB do que um espaço democrático, colaborativo e um grande laboratório para processos criativos das turmas de aulas regulares de Tribal Fusion, lecionadas por Dayeah. É desafiador para as alunas criar e transformar a dança incorporada aos temas em cada edição.

Fotografia by @dauramenezes
Além de apresentações solos e de grupos convidados, os participantes têm a experiência de dançar improvisos, dança circular e ITS. Garantindo assim muita diversão, descontração e aproximação das sisters, finalizado sempre com uma roda de música ao som de derbak.

Fotografia by @dauramenezes
Fotografia by @dauramenezes


E para completar, o show conta com os registros da fotógrafa Daura Menezes (também bailarina) que tem um olhar apurado a cada expressão e movimentação das apresentações. As fotos são lindas e marcam cada pedacinho especial do TB.

Confira alguns desses momentos registrados pela lente de Daura Menezes, fotógrafa especializada em dança.


A décima edição ocorreu em 14 de outubro e explorou as sombras do Dark October e todas as suas emoções. Contou ainda com workshop de "Butô" no Dark por Irene Patelli e "Dark Creations" por Dayeah Khalil.

O workshop de "Butô" proporcionou uma imersão nas emoções e suas expressões no corpo. Já no "Dark Creations" foram exploradas ferramentas de criação coreográfica em grupo utilizando-se dos contrates e características do universo dark.

Tribal Beach Pocket Show 10ª. Edição – Workshops Dark

Workshops Butô no Dark Fusion e Dark Creations, por Irene Patelli e Dayeah Khalil

O TB 10 contou com a participação de bailarinas da região e da capital de São Paulo, recheado de apresentações de ATS com Saia, dark fusion, ITS, ATS sisterhood, dança circular e roda de derbake.

Como destaques e convidadas especiais da capital, TB 10 teve a participação de Irene Patelli, Raquel Serafim, Shalah Noah, ainda contou com a presença das artistas regionais: Dayeah Khalil, Ana Lua, Kayra Nataraja, Karen Evangelista [eu!], Nivia Romig e Troupe Al Salam.


A 11ª edição ocorreu no dia 11 de novembro de 2018, explorando as brasilidades e seus encantos, permeando as matrizes brasileiras.

Tribal Beach Pocket Show 11ª. Edição - Brazuca

Confira a página do evento no facebook e participe!




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...